segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Jornal da Estância começa discutir sucessão em São Roque



do jornal da estância


O Jornal da Estância começa nesta edição a discutir o processo sucessório de 2012.  Faremos uma série de entrevistas com todos os postulantes à pré-candidatura a prefeito.  Queremos que nossos leitores conheçam suas idéias, seus planos enfim o que eles pretendem para melhorar a vida de nossa comunidade.
Nesta primeira entrevista fomos ouvir Daniel de Oliveira Costa, 47 anos, o Daniel da Padaria, pré-candidato do PV, que recebeu quase 6000 votos na eleição de 2008. Acompanhe a entrevista a seguir: 

JE – Daniel você recebeu quase 6000 votos na eleição de 2008. Uma eleição que estava polarizada entre o Prefeito Efaneu e o candidato Carlos Aymar.  Você surgiu como uma alternativa e em determinado momento teve chances reais de vencer a eleição.  Mas no decorrer da campanha o candidato Aymar, tomou algumas atitudes que acabaram respingando em sua própria candidatura.  Já o Prefeito Efaneu usou a estratégia de se apresentar como a única opção que teria cacife para vencer o ex-prefeito de Araçariguama.  Qual a avaliação que você faz hoje desse processo? 
DANIEL DA PADARIA - Bom com relação à votação maravilhosamente bem.  É eu digo sempre por onde passo que receber quase 6000 votos no contexto da última eleição realmente foi uma vitória para nós. Eu tenho até uma avaliação pela minha experiência que o período eleitoral tem fases; no primeiro momento as pessoas começam a sondar para saber quem são os candidatos, no segundo momento ele começa a manifestar um desejo, e quando chegou no momento do desejo as nossas candidaturas se embolaram.  Se fosse uma disputa mano a mano entre Daniel e Efaneu eu teria grandes chances naquele momento, e se fosse contra o Aymar eu teria as mesmas chances.  E aí vem um terceiro momento que é o momento da decisão, quinze dias antes da eleição eu vi claramente o eleitorado se definindo por aquele candidato que verdadeiramente eles tinham condição de votar, eu senti que se a candidatura do Aymar estivesse apta, a minha candidatura começaria a enfraquecer e o candidato Efaneu venceria as eleições.  E neste momento nós tivemos que tomar uma decisão de ir para a rua e assumir um compromisso com o eleitorado.  O compromisso da verdade, alertando a todos de que os votos de Carlos Aymar, não teriam validade e me colocando como uma opção real.  Dessa forma conseguimos ampliar nossas expectativas que giravam em torno de 2000 votos.

JE – Daniel você é pré-candidato em 2012?
DANIEL DA PADARIA – Com certeza sou.

JE – Quais são os seus planos numa eventual vitória nas próximas eleições?
DANIEL DA PADARIA – Meus planos começaram em 2008, sempre soube de todas as dificuldades que me cercam.  De lá para cá foram muitas reuniões, conversas com lideranças, pois só com bom tempo de trabalho é possível apresentar nossas propostas.  Olho no olho, o compromisso do fio de bigode, sem promessas absurdas, queremos democratizar as oportunidades.
JE – Faça uma avaliação da atual administração?
DANIEL DA PADARIA – Não sou extremamente radical com nada e com ninguém, é bem diferente estar do lado de fora assistindo, nunca fui radicalmente contra tudo.  Existem pontos positivos, e coisas que eu faria diferente.  No geral há mais pontos positivos do que negativos, embora deixe a desejar em pontos importantes que com certeza eu faria de outra forma.  Está bom?  Se compararmos com as cidades vizinhas veremos que sim, mas poderia estar muito melhor, acompanhando o crescimento de cidades como Itu e Vinhedo, são exemplos de cidades que preservaram sua história sem abandonar o desenvolvimento.
Nosso potencial turístico é muito grande.

JE – O que você faria diferente?
DANIEL DA PADARIA – Penso que São Roque, desde que se transformou em estância turística necessita de mais dinamismo, especialmente nas áreas de cultura e esportes, isso atrai o turista precisamos explorar o turismo no centro da cidade.  Usar o exemplo do circuito do vinho e expandir para as outras regiões da cidade, devemos inserir os comerciantes que hoje estão totalmente desmotivados, chegamos ao ponto de um turista no domingo ser obrigado a almoçar em uma padaria.  Pretendo desenvolver eventos culturais e esportivos, unindo as cidades vizinhas, na medida em que os cidadãos principalmente os comerciantes que são a base de nossa economia s sentirem privilegiados no processo do ganho com o turismo, nós não precisaremos pedir a um comerciante para que ele abra seu restaurane no domingo.

JE – Na edição passada o Prefeito Efaneu afirmou ao Jornal da Estância que seriam necessários de 20 a 30 anos para consolidar seu projeto.  Como você avalia esta questão?
DANIEL DA PADARIA – São Roque caminha bem.  Hoje temos uma reserva de 40% de área verde, nossa rede de ensino é muito boa, tanto Efaneu, quanto Zito Garcia fizeram obras maravilhosas, hoje temos teatros dentro de escolas, o que falta é colocar tudo isso para funcionar como se fosse uma orquestra aproveitando todas as oportunidades.  Pretendo aproveitar os pontos positivos tanto do Zito quanto do Efaneu, se somados eles chegarão a 18 anos no governo, precisamos de velocidade.

JE – Como você avalia as coligações dentro de um processo eleitoral?
DANIEL PADARIA – Vejo com bons olhos, sou uma pessoa de somar, agregar sempre aberto ao diálogo.  Já conversei com lideranças de vários partidos, queremos escrever uma página bonita na história, até na forma de unir os partidos.  Queremos entender as dificuldades de todos, estamos visualizando que São Roque seja uma escola de políticos.
As pessoas passam pela Prefeitura, mas devem pensar na continuação.  Estou muito otimista não tenho dúvida que faremos uma união histórica em São Roque.

JE – Deixe uma mensagem aos leitores do JE?
DANIEL DA PADARIA – Eu sou um homem do trabalho e é por isso que encarei o desafio de  ser candidato a Prefeito de São Roque, e o momento oportuno o farei novamente.  Fiquei extremamente feliz pelos quase 6000 votos que recebi, isso demonstra que as pessoas acreditam em meu trabalho.  Agradeço a todos, deixo um abraço com a certeza de que não os decepcionarei.


SP DAS ENCHENTES, DOS APAGÕES, DA FALTA DE ÁGUA, ETC
 
INCOMPETÊNCIA GOVERNAMENTAL E MÁFIA DOS PISCINÕES AGRAVAM ENCHENTES EM SP
Vi o mundo
Júlio Cerqueira César: “Piscinões não resolvem o problema de enchentes do Tamanduateí”
[E de outros rios como o Tietê e Pinheiros e vários córregos de SP]
Existe um grupo de técnicos que vendeu à Prefeitura e ao governo estadual a ideia de que só o piscinão resolve.  Prefeitura e governo estadual aceitaram isso. Então só fazem piscinões. É o que eu chamo de ‘máfia dos piscinões’.
Repito: há 15 anos o sistema de drenagem da cidade está nas mãos dos piscinões, e os piscinões estão dando os resultados que todos estamos Incompetência do estado e da prefeitura que ficaram tantos anos sem investir adequadamente no sistema de drenagem, confiando só nos piscinões. vendo, ou seja, não resolvem o problema das enchentes.
Leia a íntegra desta entrevista altamente esclarecedora
 
G1
Vídeo: Urbanização junto ao Rio Tamanduateí facilita cheias em SP
Rio passa por Mauá, Santo André, São Caetano e São Paulo.
Os trechos mais sujos do rio ficam na capital paulista
 
ESTÁDIO DO MORUMBI VIRA UM PISCINÃO E RETARDA INÍCIO DO JOGO EM MAIS DE UMA HORA
G1
Vídeo: São-paulinos nadam na  arquibancada do estádio
Início do jogo entre São Paulo e Palmeiras foi retartado por causa do temporal que caiu na capital paulista. Mas o torcedor fez a festa...
http://globoesporte.globo.com/futebol/campeonatos-estaduais/campeonato-paulista/noticia/2011/02/excesso-de-chuva-no-morumbi-faz-sao-paulino-nadar-na-arquibancada.html

SporTV - Troca de passe
Forte chuva atrapalha clássico entre São Paulo e Palmeiras pelo Paulista 2011
O jogo foi atrasado em uma hora para que a chuva diminuísse. Torcedores se divertiram nas arquibancadas alagadas
http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1447067-7824-FORTE+CHUVA+ATRAPALHA+CLASSICO+ENTRE+SAO+PAULO+E+PALMEIRAS+PELO+PAULISTA,00.html

Folha
Vídeo caseiro: Carros são levados pela correnteza na Vila Madalena, zona oeste de SP
O vídeo abaixo mostra carros sendo arrastados pela força das águas na rua Harmonia no bairro de Vila Madalena. As imagens foram feitas por celular pela leitora da Folha.com, Mirian Viana, durante a chuva que atingiu São Paulo na tarde deste domingo
http://www1.folha.uol.com.br/multimidia/videocasts/881869-leitora-flagra-enxurrada-levando-carros-na-vila-madalena-veja.shtml

Folha
Fotos: Veja domingo de caos em SP
http://fotografia.folha.uol.com.br/galerias/2242-chuva-em-sao-paulo#foto-43672

Folha
Rio Pinheiros transborda e região entra em estado de alerta
O rio Pinheiros transbordou por causa das chuvas que atingem São Paulo na tarde deste domingo e colocou a região da Subprefeitura de Pinheiros e Butantã (zona oeste) em estado de alerta às 16h10, segundo o CGE (Centro de Gerenciameto de Emergência) da prefeitura
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/881834-rio-pinheiros-transborda-e-regiao-entra-em-estado-de-alerta.shtml

G1
Chuva, neste domingo, provoca alagamentos na Grande SP
Passageiros são retirados de bote na Zona Oeste da capital.
Em Barueri, na Grande SP, pessoas ficam ilhadas

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/02/chuva-provoca-alagamentos-na-grande-sp.html

Folha
Cidade de SP tem quase cem semáforos inoperantes nesta segunda, 28/02 
Grande parte desses equipamentos começaram a ter problemas durante a chuva ocorrida entre a tarde e a noite de ontem (27). Na ocasião, uma mulher morreu na região metropolitana depois que seu carro foi arrastado por enxurrada
 
Bom Dia SP
Vídeo: Mulher é arrastada por correnteza e morre em Carapicuíba
O veículo estava passando por uma ponte quando a água do córrego subiu. A senhora que estava ao volante não conseguiu sair a tempo e morreu afogada. O corpo da aposentada foi encontrado a 300 metros do carro
 
R7
Faltam obras e sinalização em região "campeã" em áreas de risco em SP
Rachaduras em casas são as principais queixas de moradores de M’Boi Mirim
 
SEM LUZ, SEM ÁGUA 
G1
Moradores da Zona Sul de SP estão sem água há mais de 20 dias
Escolas e creches pararam de funcionar por falta de água.
Moradores protestaram na terça-feira (22).
 
Folha
Tranformador queima e cidades da Grande SP ficam sem água
Um transformador da AES Eletropaulo, que fornece energia à ETA (Estação de Tratamento de Água) Baixo Cotia, queimou por volta das 17h deste sábado. Cerca de 350 mil moradores de Itapevi, Jandira e Barueri, na Grande São Paulo, poderão ficar sem água
 
G1
Relógio de rua pega fogo em SP
Equipamento estava em chamas, na Avenida Juscelino Kubitschek.
Agente da CET tentou conter o incêndio com um extintor
 
NACIONAL
 
Estadão
Para suavizar desgaste de corte, Dilma ensaia ''pacote de bondade''
Após contenção de gasto, presidente vai aproveitar março, mês da mulher, para reajustar Bolsa Família e criar programas
 
Uol
PSDB "não pode ficar preso a grilhões de um passado remoto", diz Anastasia
Apesar de minimizar a influência da ala paulista nas decisões da sigla, o governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia (PSDB), disse em entrevista exclusiva ao UOL Notícias defender a revitalização do partido, com argumento de que ele “não pode ficar preso a grilhões de um passado remoto”. O tucano compara a legenda a um “organismo vivo”, que precisa “melhorar as ideias antigas”.
Leia a íntegra da entrevista
 
DIREITOS HUMANOS
RBA
'Brasil não pode se dar ao luxo de comissão de meia verdade', alerta procurador
Marlon Weichert, do Ministério Público Federal em São Paulo, não tem dúvidas de que país vai experimentar avanços no resgate das violações da ditadura
 
Folha
Acordo mina programa de combate a trabalho escravo
 
MORTES EM MG
Fantástico
Curto-circuito mata 14 e fere 50 durante trio elétrico de Minas
Um folião brincava com serpentina laminada que encostou na rede elétrica e provocou um curto circuito. Um cabo de energia se rompeu e caiu em cima do trio elétrico
 
ATROPELAMENTO  DE CICLISTAS NO RS
Vi o mundo
Marco Aurélio Weissheimer: Covardia em Porto Alegre (veja o atropelamento)
 
Folha
Suspeito de atropelar ciclistas no RS deve se apresentar hoje à polícia
 
DESVIO DE ARMAS NO RJ
RB
Desvio de armas para milícias põe em xeque política de segurança no RJ
Rio de Janeiro – A revelação de que fuzis, pistolas, munição e drogas tomados durante a ocupação de favelas no Rio de Janeiro foram desviados para milícias lança uma sombra sobre a política estadual de segurança pública
 
PARATY
Estadão
Turismo ameaça belezas naturais de Paraty, no Rio
Estudo apontará a capacidade das praias e trilhas da região de Trindade para receber turistas sem que ocorra degradação ambiental; no ano-novo 2009-2010, durante nove dias, 35,8 mil turistas estiveram na localidade, cuja população é de mil pessoas
 
JULGAMENTO NOS EUA
CA
Citibank e Opportunity: A BrOi pode afundar em Nova York
 
SP & CAPITAL
 
Estadão
Fóruns de SP: graves prolbemas de infraestrutura penalizam usuários
Público sofre com deficiências graves de infraestrutura em quatro dos 12 prédios de fóruns regionais da capital.
Falta de banheiros e de bancos para o público aguentar longas esperas, escadarias intermináveis, processos espalhados pelo chão e pouca - ou nenhuma - acessibilidade para deficientes. Esses são apenas alguns dos problemas dos fóruns regionais de São Paulo
 
Estadão
Patrimônio de 16 deputados paulistas mais que dobra nos últimos 4 anos
Dos 60 integrantes da Assembleia Legislativa reconduzidos ao cargo em 2010, 25% declararam à Justiça Eleitoral ter pelo menos multiplicado por 2 os valores informados em 2006; somados, bens desses parlamentares cresceram 279% nesse período
 
Se a rádio não toca
Alckmin copia o diagnóstico da oposição para governar e aponta ruptura com Serra
 
Bom Dia Brasil
Capivaras infestadas de carrapatos dividem Campinas: matá-las ou não?
A prefeitura da cidade já conseguiu autorização do Ibama para sacrificar os bichos, mas os ambientalistas e parte dos moradores protestaram
 
Folha
São José dos Campos escala alunos para encher ginásio
 
Se a rádio não toca
Coisas estranhas na licitação que foi suspensa do projeto do trem São Paulo-Sorocaba
 
VIOLÊNCIA & INSEGURANÇA EM SP: REALIDADE DIFERE DAS ESTATÍSTICAS
 
G1
PM mulher tentou impedir delegado que tirou roupa à força de escrivã
Policial militar feminina disse que delegado queria ver suspeita nua em SP.
Escrivã conta que delegado sorriu ao vê-la nua, diz relatório da Promotoria
 
JT
Estudante da FGV foi morto por ciúme, afirma polícia
O atentado aos estudantes da Fundação Getúlio Vargas, na última quarta-feira, num bar a 100 metros da faculdade, região central de São Paulo, está relacionado a uma mulher. O autor do crime foi preso ontem e, segundo a polícia, confessou o assassinato de Júlio César Grimm Bakri, de 22 anos, e a tentativa de homicídio contra Christopher Akio Cha Tominaga, de 23
 
Bom Dia SP
Jovens são atacados por skinheads durante festa contra racismo e homofobia
Pânico em uma festa no Centro de São Paulo contra o racismo e o preconceito sexual. Os participantes foram atacados por jovens armados, conhecidos como novos nazistas
 
G1
Taxistas reclamam da falta de segurança na Zona Sul de SP
Um deles foi assaltado quatro vezes nos últimos 40 dias.
Governo diz que casos são isolados e que número de crimes está caindo
 
Estadão
Polícia admite que assalto é inevitável em rua da zona sul
''Ladeirão'' entre Avenidas Giovanni Gronchi e Morumbi atrai ladrões que fogem facilmente por vielas de Paraisópolis
 
Folha
Coordenadora é morta perto da escola em que trabalhava em SP
A coordenadora de uma escola municipal de Embu (Grande São Paulo) foi morta a tiros na manhã desta segunda-feira perto da Escola Municipal Paulo Freire, em que trabalhava
 
G1
Dinheiro encontrado em mala em supermercado havia sido furtado
Faxineira contou à polícia que pegou os R$ 283 mil da casa dos patrões.
Mala foi encontrada no sábado em estabelecimento na Zona Leste de SP
 
INTERNACIONAL
 
Reuters
Rebeldes tomam cidade no oeste da Líbia; Gaddafi não desiste
 
Uol
Obama e Ban Ki-moon estudam novas sanções contra a Líbia
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebe nesta segunda-feira na Casa Branca o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, com quem abordará a imposição de sanções multilaterais contra o regime líbio
 
Reuters
Recomeça julgamento de Berlusconi por fraude tributária
 
CULTURA
 
RBA
Aos 73 anos, morre o escritor Moacyr Scliar
Moacyr recebeu três vezes o prêmio Jabuti, em 1988, 1993 e 2009, assim como prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte em 1989 e o Casa de las Americas em 1989.
Sua obra foi marcada pela aproximação com o imaginário fantástico e com a investigação da tradição judaico-cristã, tendo como temas dominantes a realidade social da classe média urbana no Brasil, a medicina e o judaísmo
 
Folha
Corpo de Moacyr Scliar será enterrado na manhã de segunda-feira
O corpo do escritor gaúcho Moacyr Scliar será velado neste domingo (27), a partir das 14h, na Assembleia Legislativa do Rio Grande de Sul, em Porto Alegre. O sepultamento acontecerá na segunda-feira (28), às 11h, no Cemitério Israelita de Porto Alegre
 
ESPORTES
 
MELHORES MOMENTOS
G1
Melhores momentos de Flamengo 1 x 0 Boavista pelo Carioca 2011
 
G1
Melhores momentos de São Paulo 1 x 1 Palmeiras pelo Paulista 2011
 
G1
Melhores momentos: Corinthians 4 x 0 Grêmio Prudente pela 10ª rodada do Paulistão 2011
 
G1
Melhores momentos de Santos 1 x 1 São Bernardo pelo Paulista 2011
 
ZEBRA NA COPA DA LIGA INGLESA
Reuters
Birmingham vence Arsenal e conquista Copa da Liga inglesa
 
LEILÃO DOS JOGOS DO BRASILEIRÃO
Escrevinhador
O Clube dos 13, o “moleque” espertalhão, e o exemplo argentino
O Corinthians, meu time do coração, acaba de se desfiliar do Clube dos 13. Andres Sanchez, com aquela cara de espertalhão mexicano de filme “B”, foi chamado de “moleque” e “advogado da Globo” pela direção do Clube dos 13.
Pra quem não acompanha a confusão: pela primeira vez, a Globo corria o risco de perder a transmissão do futebol.
Saiba mais
 
R7
Em nota, Globo desiste de licitação do Clube dos 13
Emissora diz que pretende negociar diretamente com clubes os direitos de transmissão
 
Folha
TV Record decide entregar proposta apesar de polêmica no C13
Executivos da Record dizem que, mesmo com o imbróglio envolvendo o Clube dos 13, a emissora vai entregar sua proposta nos mesmos moldes que havia planejado
 
CAMPEONATOS REGIONAIS
G1
Classificação, resultados e próximos jogos dos campeionatos regionais

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Notificações de casos de dengue disparam em São Roque neste começo de 2011




do jornal da estância

Os números de casos de dengue chegaram a níveis alarmantes neste início de 2011, em todo o País.  Se compararmos com o mesmo período do ano passado só no estado de São Paulo os casos triplicaram.   Em São Roque embora se tenha uma estrutura invejável na prevenção e no combate ao mosquito, para se ter uma idéia, o número de notificações em 2010 foi de 43 com 20 casos confirmados.  Somente nos primeiros 50 dias de 2011 tivemos 21 notificações com 4 casos a confirmar.  Fomos ouvir o Diretor de Saúde da Prefeitura, Dr. Alexandre Silveira, e a Dra. Daniela Carolina, Chefe da Vigilância Sanitária, que falaram das ações que estão sendo desenvolvidas em nossa cidade para que a doença não acompanhe os níveis alarmantes do País.
JE – Neste ano os números de casos de dengue explodiram em todo o País. No estado de São Paulo comparando com o mesmo período de 2010 os casos triplicaram. Qual é a situação em São Roque?
ALEXANDRE – Tivemos alguns casos neste ano nada muito grande, pois nosso trabalho de prevenção focado principalmente na eliminação do mosquito transmissor é realizado há muitos anos.  Sempre contamos com o apoio da imprensa, além de contarmos com uma equipe de agentes de controle de vetores permanente.  Oferecemos treinamento, e condições de trabalho a estas pessoas.  Nossa cidade demorou dez anos para ser declarada infestada pelo mosquito, é um longo período e isso se deve a prevenção.  Tanto a erradicação quanto a prevenção dependem de um trabalho conjunto aonde a comunidade tem papel fundamental.
Em 2010 durante todo o ano nós tivemos 43 notificações e 19 casos confirmados.  Em 2011 já são 21 notificações e nenhum caso confirmado embora temos 4 a confirmar.
JE – Como tem sido a recepção da população aos agentes vetores?
ALEXANDRE – Ainda existe resistência, principalmente na área central da cidade.  Nos bairros a recepção é muito melhor.  As pessoas têm medo de assaltos, golpes, e nós pedimos que as pessoas em caso de dúvida liguem para zoonoses pelos telefones 4784-8551 ou 4784-4894.
JE – Com o aumento de notificações, que providências estão sendo tomadas?
ALEXANDRE – Em 2011 redobramos o cuidado para que não haja proliferação, queremos afastar qualquer suspeita, o trabalho nao muda, em nosso cronograma os agentes voltam a mesma casa de 3 em 3 meses, dispomos de equipamentos e pessoal treinado.
JE- Quais as recomendações para a população em geral?

ALEXANDRE – A população não pode se acomodar e esperar tudo do poder público, cada um deve fazer sua parte, a palavra é prevenção.  Você não precisa esperar o agente visitar sua residência para eliminar aquela água parada, o recipiente da chuva, pneus, garrafas e tudo aquilo que acumula água.  Se cada um fizer este trabalho evitando o criadouro, mesmo que o doente apareça não haverá mosquito para a transmissão.  A doença para na pessoa.  É muito mais barato combater o mosquito do que tratar o doente.

A Via Oeste continua desrespeitando o cidadão Sanroquense


do jornal da estância



Temos acompanhado nos últimos dois meses a falta de respeito com que são tratados os moradores do Jardim Vilaça, e também os usuários da Rodovia Raposo Tavares que trafegam pelo trevo ali existente.  Todas as manhãs e nos finais de tarde a concessionária monta um aparato para desviar o trânsito e assim tentar fazer fluir melhor o tráfego naquele ponto da rodovia.

Este paliativo acaba muitas vezes ocasionando mais congestionamento no trecho citado.  Em novembro a Prefeitura de São Roque, tentou resolver o problema, mas foi impedida pela Artesp, que é o órgão que regula as concessões rodoviárias em nosso estado.

Gostaria de perguntar à concessionária se o que é arrecadado nos pedágios do sistema Castelo/Raposo, não é suficiente para se encontrar uma solução definitiva que contemple os moradores desta região da cidade.  Não vou colocar os números arrecadados, pois na primeira edição do nosso jornal, em matéria na página 2, deixamos claro quanto a empresa arrecada, quanto investe em manutenção, conservação e ampliação, e principalmente quanto ela lucrou no ano passado com a operação do sistema.  Enquanto isso os moradores e usuários daquela região continuam a esperar pela “boa vontade” da Via Oeste para solucionar definitivamente o problema.

Brasital



do jornal da estância

         Uma antiga fábrica têxtil que hoje podemos chamar de indústria da cultura.
         Como sabemos, toda indústria tem seus altos e baixos, suas crises, faturamento, expedição, estratégia de mercado, logística dentre muitos itens que agregam seu potencial em difundir um determinado produto.
         Nossa indústria da cultura de São Roque, porque não dizer da região é nosso orgulho, pela beleza natural que permeia sua arquitetura exuberante e bela.
         Lamentavelmente muitas são as criticas que levam a nada e poucos são os interessados em fazer desta industria um exemplo de faturamento de pessoas visitando suas dependências e expondo suas artes sejam elas em telas, musicas, fotografias, apresentações dentre tantas formas de faturar um ensinamento consciente e transparente para nossas crianças de 1 a 99 anos, expedição de nossos artistas sãoroquenses ou não, que amam nossa terra e aqui dão sua participação cultural através de suas obras, estratégia de mercado estudantil, trazendo em suas dependências todas as escolas de nosso município para participarem ativamente de atividades criadas pelo departamento de cultura, logística de ensino, onde cada visitante pode distribuir a seus familiares a maior divulgação consciente e lógica, o seu depoimento.
         Isso parece sonho ou projeto de sonhador, porém é tão fácil e possível, quando se tem vontade política e se ama sua terra natal.
         Espero ter contribuído para abrir a mente com idéias que se postas em prática farão da nossa querida Brasital a verdadeira industria da cultura, sem crises e sadia de ensinamentos.



Roque Gabriel Rodrigues     

Alckmin copia o diagnóstico da oposição para governar e aponta ruptura com Serra



O presente artigo busca compreender os primeiros passos do governador Geraldo Alckmin à frente do Palácio dos Bandeirantes. O primeiro ponto,se refere à arquitetura da organização das secretarias;  temos um governo que volta a  configuração inicial do mandato de 2001 a 2006. O governo Serra ampliou em cinco o número de Secretarias e criou quatro empresas. Agora o governador Alckmin adotou essa arquitetura e ainda ampliou o número de Secretarias  e recriou o Gabinete do Governador, que havia sido extinto em 2006 e incorporado à Casa Civil, conforme consta do decreto 56.635, de 1º de janeiro de 2011.
O governado Alckmin ainda, através deste decreto pretende dar um “drible da vaca” na sociedade paulista ao criar novas Secretarias por decreto e trocar a denominação de outras Secretarias, como fez com a Secretaria de Comunicação e a transformou em de Energia.
Oras, isto por si é questionável, ainda mais que a criação de uma Secretaria pressupõe uma hierarquia e uma série de cargos em comissão para tocar este organização administrativa. Com este Ato o governador começou sua gestão atacando as prerrogativas do Poder Legislativo, visto que é necessário de Projeto de Lei Específico, como ficou patente no debate em 2007 sobre a criação da secretaria de Ensino Superior por este instrumento. Deste modo, Alckmin começa com o velho estilo de fazer um governo centralizador e muito pouco transparente. A pretensa postura republicana e democrata, tão alardeada em seu discurso de posse, não passa de um palavreado vazio, típico de um velho admirador da Opus Dei e da direita espanhola.
A secretaria do Desenvolvimento, que no seu governo anterior foi também uma super secretaria e incorporava as universidades públicas, ficou sob o comando de Guilherme Afif,  que além disto comanda a  agência de fomento, que conta com capital de R$ 1 bilhão (ironicamente  o mesmo valor foi anunciado em 2007 por Serra, e só virou realidade nos últimos dias do governo Goldman).
Alckmin desde 2002, pretendia criar uma secretaria para as regiões metropolitanas, não só fez isto como ainda nomeou o deputado Edson Aparecido, com a função de quebrar o poderio petista na Região Metropolitana de São Paulo, Baixada Santista e Campinas. Além disto, Saulo nos Transportes,visa entre outras coisas levantar o podres da gestão anterior.
O mais interessante no começo do governo Alckmin é utilizar o diagnóstico do PT para governar, assim vejamos como isto se reflete na suas ações de governo.
Em primeiro lugar, o governador disse que nomeou Saulo de Castro para negociar com as concessionárias para reduzir o preço do pedágio paulista,- lembro que foi o próprio governador que comandou o processo de licitação das rodovias que resultou nos pedágios mais caros do Brasil e estipulou o lucro das concessionárias em 20%. Sustentado na  fórmula draconiana de reajuste pelo IGP-M que significou um aumento do repasse de 85% superior á inflação medida pelo IPCA.  Ora, uma tônica da campanha da oposição foi o crescimento da carga tributária pela via do pedágio.
Agora, o governo Alckmin insinua que pretende alterar tudo o que fez no passado e com isto assume como corretas as críticas ao custo altíssimo dos pedágios paulistas.
No entanto, para o cidadão paulista, uma coisa é certa trata-se apenas de um malabarismo retórico, pois as medidas anunciadas não significam redução o preço do pedágio.
O governador falou na valorização das políticas de transferência de renda, não por acaso a sumiu a nomenclatura assistência e agora só vale desenvolvimento social. Isto pode  de um lado, solidificar a crítica de Dilma sobre o desprezo de Serra aos programas sociais (se lembra quem fez menos como poderá fazer mais?), que gastou menos que o previsto e construir uma imagem de que o governador não é contrário a estas políticas.
Outro ponto de inflexão do governador se refere aos problemas enfrentados pela Dersa, que com a venda do sistema Ayrton Senna e Carvalho Pinto, foi quebrada pelo governo paulista e depende cada vez mais dos repasses do executivo. Por isso, o governo paulista colocou na diretoria da Dersa pessoas especializadas em apurar  crimes financeiros,  para provavelmente levantar os problemas ocorridos nos contratos da gestão de Paulo Preto. Desta forma, seria interessante que estas pesquisas viessem a luz do dia para que o povo paulista pudesse saber tudo sobre “o homem bomba de Aloysio Nunes”, como o intitulou a Veja Online.
Nas enchentes,o superintendente do DAEE afirmou que precisava retirar mais de 3 milhões de metros cúbicos de dejetos do rio Tietê. Ou seja, o governo tucano deixou de limpar o rio por quase 3 anos e o que causou uma série de enchentes na capital paulista.Agora, Alckmin afirma que vai limpar o rio Tietê e pretende gastar os tubos. Esta atitude do governador sugere sutilmente que o governo Serra foi negligente nas suas atividades e aponta que a inércia do ex-governador é uma das causas das  mortes de duas crianças no Jardim Pantanal.
A oposição criticou muitas vezes os gastos absurdos com publicidade, que superou a despesa com a limpeza do rio Tietê,-  o que fez Alckmin, aceitou como certa esta crítica e fez um decreto retirando recursos de publicidade e os destinou a limpeza do Tietê.
Na educação, o governo Alckmin começou a rever a política de Bush, baseada em méritos e copiada por Serra, e  aumenta o número de ciclos e deste modo, aparentemente busca desmontar parte dos desatinos da política educacional que vem de Mario Covas, que  condenou uma geração a ignorância e ao emburrecimento.
Na saúde, é patente que o governo Serra fez uma expansão eleitoreira das AME´s (Ambulatório Médico de Especialidades). A oposição vem apresentando dados consistentes de que as OS tem custado em média 47% a mais do os hospitais e equipamentos geridos diretamente pelo Estado. Diante disto, o governo bloqueou novas AME´s e discute formas de diminuir estes gastos.
A farra da OS tem um custo insuportável para as finanças públicas, além de não haver nenhuma transparência, visto que não há na página da Secretaria da Saúde sequer os contratos e aditamentos (como manda a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei da Transparência), além disto, os relatórios com os gastos com as OS também não estão disponíveis para o cidadão comum. Ou seja, as OS são uma caixa preta e podem funcionar como o grande cabide de emprego do PSDB.
O governador Alckmin vendeu o avião da CTEEP, junto com o patrimônio da companhia, mas o governador Serra anunciando que faria uma pretensa economia, fez a CESP comprar o avião de volta. No início do governo Serra, esta empresa fez um convênio com o governo do Estado em que o custo mês era 208 mil, e um ano depois o valor subiu para R$ 350 mil, ou seja, uma elevação de 68%. Serra em vez de economia, ampliou o gasto. E agora, como se fosse um ato de revanche, o governador Alckmin manda vender o avião.
O mesmo ocorreu com os carros blindados alugados pelo Palácio dos Bandeirantes na gestão Serra, que desde do início de  2007 consumiu mais de R$ 4 milhões . Ocorre que o segundo semestre de 2007 o governo comprou e blindou três carros, um deles o modelo CAMRY da Toyota,  pelo valor de R$ 579.700 mil. O desperdício do dinheiro público era evidente, visto que o que já foi gasto com locação de blindados dava para ter comprado e blindados aproximadamente 21 veículos como estes.
O mais escandaloso, é  mesmo tendo comprado e blindado veículos, o governo manteve o contrato original, ampliou a locação de 6 para 8 blindados e prorrogou o contrato até o final  de 2010. Agora no começo de 2011, o governo Alckmin cancelou o contrato.

Estas são amostras de ações de Alckmin atacando frontalmente a gestão de Serra e apontando que governa com o diagnóstico da oposição, embora isto contradiga as suas próprias palavras, conforme discursos de posse no Palácio dos Bandeirantes que realçou a continuidade dos governos tucanos em São Paulo:
“Mas, para além do desafio pessoal, há o legado, a continuidade e inovações característicos desses dezesseis anos do projeto político que representa a forma e o estilo de governar do meu partido, o PSDB. Defender, aprimorar e inovar, para ampliar ainda mais o nosso legado em são Paulo, são os desafios que o povo paulista me confiou”.
O que estamos assistindo, com a série de eventos noticiados pela imprensa é a desconstrução e ruptura com o Governo Serra e não uma continuidade administrativa. O seu discurso ainda busca apontar que pretende governar para os mais humildes e faz várias referências aos trabalhadores, buscando costurar acordos com estes setores que se afastaram durante o governo Serra.
A ação de Alckmin de usar do diagnóstico da oposição para governar, mostra o trabalho acertado que foi feito pela mesma em São Paulo e evidentemente, contrasta com o desastre da oposição, liderada pelo PSDB, feita contra o governo federal.
Realmente a inovação é a grande marca tucana, visto que como noticiou o Estadão, o sobrinho de Alckmin e o seu cunhado andam metidos na máfia da merenda. O melhor é sem dúvida a estória de que o seu sobrinho, que tinha um contrato com a prefeitura de Pindamonhagaba para o transporte de defuntos, usava o mesmo veículo para entregar merenda nas escolas municipais. Esta ação espetacular, sem dúvida lembra, os coronéis como Odorico Paraguaçu e aponta que o futuro de São Paulo talvez seja se transformar numa nova e gigantesca Sucupira (cidade administrada pelo Bem Amado).

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

O Limiar entre o crime e a política



 Cada vez mais somos surpreendidos com os escândalos protagonizados por nossos políticos, homens e mulheres que deveriam servir de exemplo em todos os sentidos.  Dinheiro na cueca aqui, propina na merenda acolá.  A impunidade abre alas para que esses bandidos engravatados continuem a agir sem preocupação.  O povo se diverte, assiste de camarote, e de quatro em quatro anos dá nota dez em todos os quesitos, só isso explicaria os mais de 500 mil votos recebidos por Paulo Maluf, nas últimas eleições.  Ou mesmo a reeleição do prefeito de Mairinque que abandonou a cidade; asfalto em péssimas condições, postos de saúde abandonados, Hospital fechado, dinheiro do Fundeb que some etc..  Por favor, não entenda mal, não estamos querendo aqui mascarar os problemas de São Roque, que existem e precisam ser corrigidos, mas se compararmos com a administração que vem sendo realizada na cidade vizinha vivemos no paraíso.  O samba do prefeito de Mairinque está bem fora de compasso.
Como se já não bastasse, agora os políticos estão migrando para outros crimes, usando sua influência para traficar drogas, aliciarem menores, pedofilia e se der tempo por que não, espancar mulheres.  As denúncias contra o vereador de Mairinque, Prof. Alex se forem comprovadas mostram até onde o voto pode levar um homem.
Não podemos generalizar, existem bons políticos, que lutam pelos direitos do povo, mas infelizmente estes já não fazem parte da Comissão de Frente.  Se a rádio não toca, pelo menos a gente escreve a letra deste samba. 

Uruca do Efaneu: suspensa licitação do projeto do trem São Paulo-Sorocaba...Tem coisa estranha acontecendo.....



 
O Diário Oficial de 22 de fevereiro de 2011, trouxe a publicação de recurso da empresa Fernandes & Terruggi Consultores Associados Ltda. – EPP questionando o julgamento da documentação apresentada pelas empresas e com isto, levou a suspensão da licitação. Com isso, demorara mais para começar o estudo do projeto, que demandara quase 1 ano, e deste jeito somente em meados de 2012 irá começar efetivamente a obra. Com isto, é muito pouco tempo para o trem estar funcionando até a copa do mundo, ou seja, meados de 2014. Isso pode prejudicar São Roque, visto que o município pretende hospedar uma seleção que vier participar deste evento.
A algo muito estranho nesta licitação visto que, a primeira colocada no quesito preço foi desclassificada na apresentação de documentos, conforme publicação realizada 11 de fevereiro deste ano.Mais estranho ainda que todas as outras empresas foram desclassificadas e somente uma foi habilitada e declarada vencedora: Consórcio Planservi Oficina.
A estranheza destes atos leva a perguntar se esta licitação não está sendo dirigida para beneficiar os amigos do novo rei? Qual é o sentido de declarar como vencedor o segundo colocado e fazer o Estado, ou  melhor o cidadão paulista, pagar mais caro por estes serviços?
 
Veja os documentos:
 
Julgamento- documentos:
AVISO DE JULGAMENTO Tomada de Preços nº 8454103021 - Prestação de serviços técnicos especializados de engenharia e arquitetura para estudos de traçado, de viabilidade técnica, operacional e ambiental, de inserção urbana e de projeto funcional para implantação de um serviço ferroviário de passageiros ligando as cidades de São Paulo e Sorocaba. - Habilitado: Consórcio Planservi Oficina; Inabilitadas: Fernandes & Terruggi Consultores Associados Ltda. – EPP; e Urbaniza Engenharia Ltda. - Vencedor: Consórcio Planservi Oficina - Os autos do processo estão com vista franqueada aos interessados na Gerência de Contratações e Compras - GFC, localizada na Rua Boa Vista, 175, 5º andar, Bloco A, Centro, São Paulo, SP em dias úteis, nos horários de 08:30 às 11:30 e das 13:30 às 16:30 horas.
Suspensão da Licitação:
AVISO Tomada de Preços nº 8454103021 - Prestação de serviços técnicos especializados de engenharia e arquitetura para estudos de traçado, de viabilidade técnica, operacional e ambiental, de inserção urbana e de projeto funcional para implantação de um serviço ferroviário de passageiros ligando as cidades de São Paulo e Sorocaba. - A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos - CPTM comunica a suspensão do procedimento da licitação em referência haja vista a interposição de recurso administrativo contra o resultado do julgamento da documentação, apresentada pela empresa Fernandes & Terruggi Consultores Associados Ltda. - EPP, estando aberto o prazo de que trata o art. 109, § 3º da Lei Federal n° 8.666/93.

          

Músicos pedem mudanças na lei do silêncio em São Roque (SP)


Bom Dia São Paulo - 24/02/2011
Vídeo: Músicos pedem mudanças na lei do silêncio em São Roque (SP)
Em São Roque, aconteceu um protesto bem humorado. Músicos saíram às ruas tocando para pedir mudanças na lei do silêncio
 

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Cadastro nacional registra 10 mil produtores orgânicos regularizados



Brasília – Cerca de 10 mil agricultores que trabalham com produtos orgânicos estão regularizados desde o fim do ano passado, prazo dado ao setor para a adequação às regras estabelecidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
Segundo o coordenador de Agroecologia do ministério, Rogério Dias, a expectativa agora é que, até abril, a base de dados do Cadastro Nacional de Orgânicos esteja disponível na internet a toda a sociedade.
“Pretendemos colocar o cadastro no sistema do Mapa [sigla do ministério] na próxima semana e, depois de acrescentar algumas informações e checá-las, acredito que, em um mês, [o cadastro] estará à disposição da sociedade”, afirmou Dias. Segundo ele, o principal objetivo do cadastro é possibilitar o controle social da produção orgânica no país.
O consumidor poderá obter informações variadas, como a quantidade de produtores orgânicos em cada região, municípios onde atuam, variedades produzidas e se determinado agricultor que lhe fornece alimentos está cadastrado no banco de dados. O sistema, que será acessado pelo site do ministério, deve ser atualizado periodicamente pelas certificadoras que atestam a produção orgânica.
O coordenador disse que, até o final do ano, o ministério pretende cadastrar todo o universo de produtores orgânicos, estimado de 15 mil agricultores. Segundo ele, cerca de 80% desse total são agricultores familiares. Segundo ele, a escassez de dados dificulta a mensuração e elaboração de políticas públicas para o setor. Mesmo trabalhando com um número que pode estar subestimado, Dias acredita que pode haver uma surpresa positiva em relação à quantidade de produtores na atividade orgânica.
Na produção orgânica, não podem ser usados agrotóxicos, adubos químicos e sementes transgênicas, e os animais devem ser criados sem uso de hormônios de crescimento e outras drogas, como antibióticos. O agricultor regularizado obterá o selo do Sistema Brasileiro de Avaliação de Conformidade Orgânica, que o consumidor verá ao comprar esses alimentos, tendo a segurança de que eles foram fiscalizados e aprovados.

Ministério da Justiça vai retomar campanha de desarmamento no país



Brasília – O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que vai retomar “com muito vigor” a política de desarmamento no país. A pesquisa Mapa da Violência 2011, divulgada hoje (24), apontou uma queda de 7% nas taxas de homicídio no país em 2003, ano em que entrou em vigor o Estatuto do Desarmamento.
“Parece evidente que a questão mais grave é a do armamento excessivo. Quando nós desenvolvemos políticas de desarmamento, o índice de violência cai. Uma população armada é uma população violenta. Precisamos dar sequência a essa política”, afirmou o ministro.
Segundo Cardozo, o ministério vai desenvolver campanhas e programas para incentivar o desarmamento da população. Ele afirmou que será um projeto conjunto entre todas as instâncias de governo e a sociedade.“Vamos discutir com o governo ações nessa área. Temos reuniões previstas com representantes da sociedade civil e esperamos retomar uma política ofensiva de desarmamento.”
Além das medidas de combate à violência armada, serão desenvolvidas ações contra o crime organizado, principalmente na fronteiras. “Para isso é necessário termos um plano de fronteiras que intensifique o combate ao crime organizado. Vamos, em conjunto com os estados de fronteira, criar gabinetes de gestão integrada.”
O ministro afirmou que a corrupção é um fator diretamente relacionado ao crescimento do crime organizado. Segundo ele, o crime organizado cresce, pois há permissividade do setor público. "Precisamos enfrentar isso. Recentemente houve operações da Polícia Federal no Rio de Janeiro e em Goiás que desmembraram organizações que tinham policiais envolvidos."

Geração de emprego em janeiro tem segundo melhor resultado desde 1992


Brasília - O Brasil gerou 152.091 empregos formais em janeiro, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. Foram admitidos 1,65 milhões e demitidos 1,49 milhões de trabalhadores. 


É o segundo melhor saldo da série histórica, que teve início em 1992. O melhor saldo para meses de janeiro foi em 2010, com a geração de 181.418 empregos formais.

Os setores que mais contribuíram para o saldo positivo foram os de serviços (71.231), da indústria de transformação (53.207) e da construção civil (33.358).

Por fatores sazonais, os únicos setores que apresentaram saldo negativo foram o comércio (-18.130) e a administração pública (-1.042).

O Sudeste foi a região que apresentou a maior geração de empregos (71.095), seguido do Sul (49.075) e do Centro-Oeste (28.552).

Brasil ocupa sexta posição do ranking de homicídio de jovens


Brasília – O Brasil é o sexto país no ranking de homicídios entre jovens. De acordo com o estudo Mapa da Violência 2011, divulgado hoje (24) pelo Ministério da Justiça, a taxa de homicídio entre pessoas de 15 a 24 anos subiu de 30 mortes por 100 mil jovens, em 1998, para 52,9, em 2008. Nesse período, o número total de homicídios registrados no país cresceu 17,8%, ao passar de 41,9 mil para 50,1 mil.

No primeiro lugar do ranking aparece El Salvador, com 105,6 mortes violentas em cada grupo de 100 mil jovens. Em seguida vêm as Ilhas Virgens (86,2), a Venezuela (80,4), Colômbia (66,1) e Guatemala (60,6).
De acordo com o autor da pesquisa, Julio Jacobo, os homicídios são responsáveis por 39,7% das mortes de jovens no Brasil. O estudo aponta que as taxas mais elevadas, acima de 60 homicídios em cada grupo de 100 mil jovens, estão na faixa dos 19 aos 23 anos de idade. “O jovem morre de forma diferente na atualidade. A partir da década de 1980, houve um novo padrão de mortalidade juvenil”, destacou o pesquisador.
Em alguns estados, a morte de mais da metade de jovens foi provocada por homicídios. Alagoas é a unidade federativa que tem a taxa de homicídio juvenil mais alta do país (125,3). Depois, vêm o Espírito Santo (120), Pernambuco (106,1), o Distrito Federal (77,2) e o Rio de Janeiro (76,9).
Segundo Jacobo, os índices de homicídio nas capitais e regiões metropolitanas tiveram uma queda de 3,1% entre 1998 e 2008. No entanto, houve um crescimento considerável das taxas no interior do país. “Chamamos isso de interiorização da violência. A partir de 2003, ocorreu uma queda das taxas de homicídios nas capitais, no entanto, as taxas de homicídio no interior estão crescendo assustadoramente.”
Para o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, esse quadro de violência entre jovens no país exige das autoridades públicas uma profunda reflexão. “Isso coloca sobre os nossos ombros desafios, aos quais temos que responder com integração e superação de obstáculos, para que possamos ter uma política nacional de combate à violência que surta efeitos.”
Cardozo anunciou que vai desenvolver um sistema de informação que mostre o mapa da violência em tempo real. “Apesar de todo esforço dos pesquisadores, as bases de dados disponíveis são de 2008. Temos uma defasagem de três anos. Não temos uma situação atualizada em tempo real do crime. É impossível ter uma ação de segurança pública sem informação.”
Segundo ele, a política de repasse de verbas para a área de segurança aos estados será feita com base nesse sistema. “A ideia é que isso seja transparente, ou seja, que a sociedade possa acompanhar em tempo real onde acontecem os crimes.”
Edição: Juliana Andrade // Matéria alterada para acréscimo de informações e correção de dados divulgados pelo Ministério da Justiça

    Tudo Pronto para o Carnaval 2011 em São Roque, para participar do concurso Rainha e Rei Momo os candidatos deverão ter mais de 60 anos


                              

    Tudo pronto para o carnaval 2011 em São Roque , mais uma vez o já tradicional desfile das escolas de samba na avenida Bandeirantes  promete contagiar o publico , este ano serão cinco escolas na passarela , dia 06 desfilam Império Dourado ,Leões unidos da 119 e Corações Unidos de São João Novo, dia 08 Independente da Vila Aguiar  e Santa Quitéria atual campeã . A Prefeitura garante uma boa infra-estrutura   com arquibancada, banheiros e praça de alimentação e os foliões como sempre prometem não desapontar . As cinco escolas que desfilarão em 2011 receberam no total um subsidio  , de 125 mil reais , diga-se de  a maior verba já repassadas a elas.
    Considerando um dos melhores  carnavais da região , o carnaval de São Roque traz novidade este ano a escolha da rainha e do rei momo será realizada juntamente com o baile da melhor idade, dia 25 de Fevereiro as 14 horas no Centro de Convivência do idoso e só podem concorrer pessoas com mais de 60 anos, confira abaixo a programação completa.
    25 de Fevereiro as 14:00horas no CCI escolha do Rei  Momo e Rainha do Carnaval
     06 de Março 18:00 horas : Bloco da Melhor Idade
                                   20:00 horas : Gres. Império Dorado
                                  21:00 horas : Gres. Leões  unidos da 119
                                  22;00 horas : Gres. Corações Unidos São João Novo
    08 de Março :18:00 horas : Escola de Samba Infantil de Araçariguama
                                   19:00horas : Bloco do Gabriel Pizza
                                  21:00horas : Gres. Independente Vila Aguiar
                                  22:00horas : Gres . Santa Quiteria  

    quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

    Decisão judicial permite produção de genéricos para hipertensão e esquizofrenia no Brasil


    Rio de Janeiro - O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) ganhou uma nova batalha na luta contra laboratórios que querem estender a vigência de patentes de remédios no país. O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), com sede no Rio de Janeiro, negou revalidação de duas patentes referentes aos medicamentos de marca Aprovel, para hipertensão, e Geodon, para tratamento de esquizofrenia, cujas substâncias ativas são, respectivamente, irbesartan e ziprasidone.


    A ampliação da vigência das patentes foi pedida pelos laboratórios Sanofi-Synthelabo, com sede na França, e Pfizer, dos Estados Unidos. O TRF2 tomou a decisão ontem (22).

    O procurador chefe do Inpi, Mauro Maia, disse hoje (23) que as duas ações darão segurança jurídica para o lançamento dos medicamentos genéricos correspondentes. “O ambiente que estamos querendo produzir é o da segurança jurídica. Com esses êxitos no Poder Judiciário, estamos tentando conferir esse ambiente, para que tenhamos o quanto antes o lançamento desses medicamentos [genéricos].”

    A expectativa é que possa haver no Brasil a melhoria do acesso da população a esses medicamentos, além do barateamento do preço para o consumidor e também para o Poder Público, que é comprador desses remédios, disse Mauro Maia.

    Segundo o Inpi, o Geodon tinha prazo de validade até 2 de março de 2007, mas o fabricante defendia a prorrogação até 2 de março de 2012. No caso do Aprovel, a data de término da vigência da patente era 20 de março de 2010 e o laboratório queria ampliar até 15 de agosto de 2012.

    No último dia 8, o Inpi ganhou ação, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que objetiva a revalidação de patentes para os remédios de marca original Sifrol, usado para doença de Parkinson, e Persantin, para combate à formação de trombos. Os medicamentos genéricos são Pramipexol e Dipiridamol.

    As patentes desses dois medicamentos venciam em 2004 e 2006 e o laboratório alemão Dr. Karl Thomae queria estender os prazos de vigência até dezembro de 2010 e julho de 2012, respectivamente. Ele pretendia aplicar no Brasil a prorrogação concedida na Alemanha.